Aprenda a Cultivar Violetas e Deixe sua Casa mais Linda e Colorida

22/01/2016

Com tamanho inversamente proporcional a beleza e charme, as violetas encantam e deixam a casa mais colorida. Devido a se adaptarem facilmente a ambientes internos, estão entre as plantas favoritas de quem não possui espaço externo para a criação de um jardim. E o melhor de tudo, é bem fácil cultivar violetas! Quer saber como? É só ler o novo artigo da Giuliana Flores.

Luminosidade e temperatura

Violetas são flores que gostam de luz, sendo indispensável para o seu florescimento, porém, são extremamente frágeis em relação a incidência direta de raios solares. Por isso, é preciso escolher um lugar bem iluminado, mas que o sol não bata diretamente em suas flores. A coloração da folhagem é um excelente indicador de quanta luz é necessário para cultivar violetas. Quando mais escura é sua folha, maior o nível de luminosidade exigido. Já a temperatura ideal é de 16º a 18º.

Regagem

Um dos pontos mais importante no cultivo das violetas é o cuidado com a quantidade de água que a planta recebe. O excesso de umidade é um grande problemas para essa espécie, pois pode fazer com que suas raízes apodreçam. Por isso, é necessário a utilização de ativos que aumentam a aeração do solo. Sempre opte por vasos de barro, que possuem maior capacidade de absorção de água.

Como preparar o substrato das violetas

O solo deve apresentar uma mistura com matéria orgânica e elementos como vermiculita, perlita ou pinus triturada, sendo que o substrato deve apresentar 50 de materiais sólidos, 25% de ar e 25% de água. Para que planta cresça forte, é recomendado a utilização de adubo químico do tipo NPK 4-14-18.

Já está pensando no melhor lugar para cultivar violetas? Confira no nosso site algumas espécies para já começar seu jardim interno.

 

Compartilhe este artigo

Receba promoções no seu email!

Cadastre-se e receba as melhores promoções diretamente no seu email!

Deixe um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>