Confira Dicas de como Cultivar as Margaridas

8/03/2017

Nativas de regiões situadas no hemisfério norte, mais precisamente de países europeus, as margaridas são plantas herbáceas, ou seja, não exibem estrutura lenhosa. Em todo o mundo, é possível encontrar mais de 20 mil espécies dessa flor tão singela. Os diversos exemplares variam em cor e tamanho, embora o mais comum deles seja a popular margarida de pétalas brancas e miolo amarelo. Inocência, simplicidade, pureza, confiança e amor leal são alguns dos significados associados a essa flor tão charmosa. Tanta beleza e sentimentos positivos atraem muitos adeptos a cultivar margaridas tanto em vasos quanto em jardins. Essas florezinhas não são difíceis de serem cuidadas, mas mesmo assim requerem atenção. Confira dicas de como cultivar margaridas!

Principais cuidados ao cultivar margaridas

A grande vantagem é que essa planta pode ser inserida em diferentes tipos de solos, com exceção dos terrenos úmidos demais que atrapalham a germinação das sementes.

Prepare o solo

O primeiro passo para cultivar margaridas é preparar o solo. No momento do plantio é importante que as sementes sejam dispostas a uma profundidade de 0,5 centímetros em relação à superfície. O tempo de germinação costuma variar entre 7 e 21 dias e a floração tende a ocorrer 240 dias depois. Para incitar o surgimento das flores, o mais indicado é adubar a terra com compostos orgânicos e húmus de minhoca de forma periódica.

Atente-se à temperatura

A planta não gosta muito de frio, podendo ficar “adormecida” durante o inverno e voltar a florescer quando o tempo esquentar novamente. Porém, em casos de geadas, elas devem ser protegidas. É necessário que a irrigação aconteça pelo menos uma vez durante o dia, mas, deve-se tomar muito cuidado para não encharcar o solo, pois água em demasia favorece o aparecimento de fungos nocivos à planta.

Para alcançar flores bonitas e os melhores resultados no cultivo de margaridas, mantenha a planta em um local ensolarado, mas tome cuidado para que os raios solares das horas mais quentes do dia não incidam diretamente sobre a flor, queimando suas pétalas e folhas.

Faça a poda regularmente

Sempre que houver flores secas, elas devem ser retiradas. Outra dica é realizar pequenos cortes no caule da planta quando ele já estiver com cerca de 40 centímetros. Isso ajuda a margarida a florescer melhor.

Após a floração, faça o replantio das margaridas em outros vasos ou canteiros, cujo solo foi preparado com os mesmos substratos utilizados. Isso deixará a sua casa mais cheia do encanto e perfume dessas lindas flores!

O charme e os significados associados a essa flor tão charmosa faz com que ela seja oferecida como presentes para pessoas especiais em qualquer ocasião. Homenagear alguém com um belo buquê de flores ou com cestas especiais personalizadas e enfeitadas com margaridas é o mesmo que dizer “você é muito importante para mim”.

Aqui na Giuliana Flores, além de margaridas, você encontra também outros tipos de flores perfeitos para presentear ou decorar o seu ambiente favorito! Confira!

Você também vai gostar de:

  1. Margaridas – Conheça Mais Sobre Estas Flores Encantadoras
  2. Saiba Como Fazer Arranjos de Flores e Alegre os Ambientes!

Compartilhe este artigo

Receba promoções no seu email!

Cadastre-se e receba as melhores promoções diretamente no seu email!

3 Comentários para “Confira Dicas de como Cultivar as Margaridas”

  1. Olinda Gastardeli Simao

    Adoro margaridas !!! adorei a dica como plantar e cultivar .

    Responder
  2. Marilene

    Sou uma aposentada precisando desesperadamente uma atividade para me sentir útil. Amo plantas, mas o que planto não ficam como imaginava. Preciso de dicas como cultivar e onde comprar sementes de qualidade. Podem me ajudar?

    Responder
  3. Maria Angela Aizza Toniolo Deo

    plantei margaridas mas ela não dá flores só está verdes as folhas mas nada de flores porque?

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>