Conheça um Pouco Sobre o Cacto-Margarida

26/06/2014
Cacto-Margarida (Lampranthus productus)

Cacto-Margarida (Lampranthus productus) – Fonte: flores.culturamix.com

Cada vez mais presente em jardins decorativos, o Lampranthus productus, mais conhecido como cacto-margarida, é uma planta bastante fácil de cultivar. De origem africana, essa espécie é rasteira e muito florífera.  Suas folhas são espessas, lineares, densas e vistosas, muito semelhantes à espécie onze-horas.

O cacto-margarida é uma planta suculenta, como os cactos, por isso, não necessita de regas constantes. Uma vez por semana é o ideal, pois o substrato deve ser mantido seco entre uma rega e outra. As podas também não precisam ser realizadas em períodos muito próximos. Com boa resistência contra o frio, desenvolve-se bem a locais de clima ameno, equatorial, oceânico, subtropical e tropical. Lugares que recebem bastante sol são adequados para esse cultivo. Se for mantida em ambientes internos, a espécie precisa receber luz solar por pelo menos quatro horas diárias.

Versátil, essa planta pode ser utilizada para fins ornamentais em vasos, canteiros, forrações, bordaduras e maciços. Embora leve cerca de dois anos para florescer, o cacto-margarida tem um ciclo de vida perene, isso faz que tenha brotos durante o ano inteiro. Suas flores se abrem durante a primavera e o verão. Brilhantes e muito vistosas, atraem abelhas e outros insetos. A cor rosa é mais comum, no entanto, também é possível encontrar flores vermelhas, violetas, laranjas, amarelas e brancas.

Como cultivar

Cuidados Cacto-margarida

Cuidados com o Cacto-Margarida – Fonte: plantas-ornamentais.com.br

O substrato tem que ser rico em matéria orgânica e deve apresentar boa drenagem. A dica é utilizar uma mistura de duas partes de areia grossa de construção, uma porção de composto orgânico e outra parte de terra vegetal. Para a fertilização, o indicado é acrescentar à terra do canteiro um pouco de NPK, adubo composto de nitrogênio, fósforo e potássio. Cinco colheres do produto por metro quadrado são suficientes. Depois de 60 dias, convém aplicar uma colher do adubo em volta de cada planta, evitando que o conteúdo entre em contato com o caule.

A propagação do cacto-margarida se dá por meio de estacas, que devem ser feitas logo após o florescimento. Se cultivada da maneira correta, a planta pode atingir 15 centímetros de altura.

Dicas de decoração

Uma casa com arranjos e flores fica sempre mais bonita, e essa é uma planta perfeita para vasos suspensos, pois suas folhas e flores pendem, dando um charme especial à decoração do ambiente. Quem mora em apartamento pode cultivar a espécie em pequenos vasos na varanda ou perto das janelas. Quando plantado em canteiros no jardim, o cacto-margarida dá mais vida ao local.

Adquira lindos vasos de flores no site da Giuliana Flores e deixe o seu jardim ainda mais encantador.

Compartilhe este artigo

4 Comentários para “Conheça um Pouco Sobre o Cacto-Margarida”

  1. Inácia

    Vcs tem me ajudado muito. Com essas dicas de jardinagem adoro plantas e flores obrigada

    Responder
  2. Terezinha

    Tenho o cacto Margarida ha anos e nunca deu flor. Fica em.sol pleno. O que posso estar fazendo de errado?

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>