Mãe e Filho — Até que o Dia Termine

27/02/2019

Se existe uma frase comum dita pelas mães é “você só vai entender o sentimento de mãe e filho quando você também tiver os seus”, não é mesmo? Isso porque é uma relação linda e cheia de amor. Veja mais sobre como é profundo esse momento e, principalmente, como é um desafio diário ficar longe do bebê durante as atividades da rotina!


Mãe e filho: um mix de bons sentimentos até que o dia termine

O sol ainda não nasceu, mamãe sente o coração apertar ao cobrir o bebê com a manta e carregá-lo adormecido até a creche, ou, com uma dose extra de sorte até a casa da vovó, em quem ela confia pra cuidar da sua riqueza mais preciosa na vida.

Mas é necessário, às vezes, por uma decisão baseada na vida profissional que a mãe tanto se esforçou pra ser. Em qualquer das situações é difícil e na alma. Os braços nem esfriaram do calor perfumado do bebê e mamãe já sente saudade, não haverá um único dia em que ela conseguirá sair dessa despedida inteira.

Ela repensa seus motivos, que nunca parecem ser suficientes e o coração dela quase a obriga a fazer meia volta e fugir com seu neném e não soltá-lo nunca mais. Ambos esperam que o dia passe, que a noite chegue pra eles se verem de novo. Nesse momento eles são novamente um do outro, em um tempo para serem só mãe e filho.

Não importa o quanto dure, pois o sono, esse traiçoeiro, os separa novamente e eles dormem tão juntinhos que não se sabe onde acaba um e começa o outro, até que o sol apareça. A jornada reinicia e eles, mais uma vez, contam as horas pra viver o tempo juntos, onde são o único e tão somente: elo de amor entre mamãe e bebê.

Gostou? Continue em nosso blog!

Você também vai gostar de:

1. Precisa-se — Conheça a Melhor Vaga do Mundo
2. Cuidados com Corpo Após a Gravidez
3. Dicas de Presentes pra Mães de Primeira Viagem

Compartilhe este artigo

Um comentário para “Mãe e Filho — Até que o Dia Termine”

Deixe um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>