Rosas – As Flores mais Populares do Mundo

5/09/2013

Uma das flores mais populares no mundo todo, as Rosas são cultivadas desde a antiguidade. A primeira rosa brotou nos jardins do continente asiático há 5000 anos.

Rosa vermelha

Rosa vermelha

A rosa faz parte da família Rosaceae e apresenta mais de 100 espécies e inúmeras variedades: cultivares e híbridos. São trepadeiras ou arbustos, fornidos de acúleos. As folhas são elementares, divididas em 5 ou 7 lóbulos de bordos denteados. Geralmente, elas são solitárias e apresentam 5 pétalas, um ovário ínfero e bastantes estames.

Por meio de cruzamentos feitos ao longo dos séculos, esses tipos de flores passaram por modificações e adquiriram as características mais conhecidas hoje: cores variadas, forte aroma e muitas pétalas.

As rosas são uma das flores mais escolhidas para dar de presentes como buquês de flores ou em cestas. Elas são facilmente encontradas em floriculturas online ou convencionais.

Ao longo do tempo também, as rosas receberam significados de acordo com sua cor. As rosas amarelas, por exemplo, significam amor platônico ou que está a morrer e amizade. As azuis simbolizam amor eterno raro, forte, que jamais se esmorece. As brancas, por sua vez, representam segredo, reverência, pureza, paz e inocência. Já as rosas champanhe demonstram simpatia e admiração, as coloridas em tons claros solidariedade e amizade, e as coloridas, prevalecendo as vermelhas, paixão, felicidade e amor.

Não se pode deixar de mencionar as rosas vermelhas, a mais clássica de todas. Elas simbolizam adoração, respeito, amor e paixão. Há ainda, entre muitas outras, as rosas cor-de-rosa, as quais representam agradecimento e gratidão, e as laranjas que remetem ao desejo e entusiasmo.

O plantio de rosas exige vários cuidados, mas o resultado é sempre recompensador. Ao plantar, escolha um local bem arejado e ensolarado, pois a roseira necessita de sol constante – seis a sete horas por dia. Indica-se uma localidade bem arejada a fim de evitar o aparecimento de fungos nas flores e folhas, inclusive em lugares mais chuvosos.

No quesito solo, para as flores plantadas, recomenda-se uma terra argilosa com bom escoamento. A terra deve ser rica em húmus, e o pH ideal é entre 6,5 e 7 – neutro. Em casas comerciais especializas, encontram-se facilmente kits que medem o pH do solo.

Caso seja preciso corrigir o pH da terra, uma boa sugestão é adicionar 150 g de calcário dolomítico por meio metro quadrado de canteiro – isso aumenta em 1 ponto o índice de pH. Mas se for preciso diminuir o índice de pH, a sugestão é adicionar 150g de sulfato de ferro por metro quadrado.

Hora de aprontar o canteiro: 7 dias antes de plantar as mudas, cave o solo até aproximadamente 40 cm de profundidade. Para cada metro quadrado de canteiro, acrescente uma mistura de 15 kg de esterco curtido de gado e 200 g de farinhas de ossos. O espaçamento entre as mudas dependerá da variedade da roseira. Geralmente, ocorre da seguinte forma: rasteiras precisam de espaçamento de 30 cm entre as mudas, miniaturas de espaçamento de 20 a 30 cm,sempre-floridas e híbridas de chá espaçamento de 50 cm, cercas-vivas espaçamento de 50 a 80 cm, roseiras trepadeiras espaçamento de 1 a 2 m e roseiras arbustivas espaçamento de 1 m entre as mudas.

Se for realizado com mudas envasadas – aquelas comercializadas em sacos plásticos – o plantio pode ser feito em qualquer período do ano. Mas se for feita com mudas “raiz nua”, a melhor época é na segunda metade do outono à primeira da primavera.

Do plantio das mudas até a primeira floração, faça a rega moderadamente, porém todos os dias. Depois, o indicado é irrigar a roseira: no inverno, uma vez por semana, e em época seca duas vezes por semana.

Por fim, procure fazer cerca de 2 a 3 adubações anuais e faça a primeira poda 12 meses após o plantio, repetindo todos os anos.

Compartilhe este artigo

Um comentário para “Rosas – As Flores mais Populares do Mundo”

Responder para silvana lirio

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>