Saiba mais Sobre a Importância da Adubação para as Plantas

9/11/2017

Para crescerem saudáveis e fortes, as plantas precisam de nutrientes. No entanto, o solo nem sempre dispões das vitaminas e dos minerais necessários para que o desenvolvimento ocorra. Assim, a adubação é um cuidado essencial, pois enriquece o solo em que o vegetal se encontra com as substâncias adequadas à determinada cultura. Saiba mais sobre a importância de adubar as plantas!

O que é adubação?

O-que-e-adubacao

imagem de: pixabay.com

Chamamos de adubação o processo de cultivo extremamente importante para diversas áreas da agricultura, seja a produção de alimentos ou fins de plantio. Essa etapa tem o objetivo de aumentar a disponibilidade de determinados nutrientes no solo para que a planta cresça com as quantidades de substâncias que são exigidas pelo cultivo.

O processo, portanto, serve para suprir cercas substâncias que possam estar em falta no solo, corrigindo a deficiência dos nutrientes necessários para o crescimento da espécie.

Muitas causas podem contribuir para o esgotamento da terra, como o desgaste natural, o excesso de chuvas e de regas e a erosão. Para amenizar esses impactos, é importante adubar o solo com regularidade. É possível realizar o processo de diferentes formas.

Como realizar a adubação?

Como-realizar-a-adubacao

imagem de: pixabay.com

O adubo pode ser aplicado diretamente no solo, o que gera uma absorção mais lenta. Mas também pode ser misturado à água da rega ou pulverizado sobre as folhas, ocasionando uma rápida absorção. O tipo de fertilização depende do caso e da espécie.

Os adubos granulados, juntamente com areia e compostos orgânicos, são indicados para a maioria das plantas. Já as folhagens ornamentais, como a comigo-ninguém-pode, a agave, a samambaia, a babosa e a aglaonema, precisam de formulação NPK 10-10-10.

NPK é a sigla dos substratos essenciais para o desenvolvimento das plantas, encontrada na embalagem de adubos químicos, e designa três elementos: o nitrogênio (N), o fósforo (P) e o potássio (K). A formulação 4-14-8 é ideal para espécies que produzem flores e frutos e que estão em desenvolvimento. A 15-15-20 é indicada para hortas e a 10-10-10 é usada para plantas que não florescem, não dão frutos e já estão desenvolvidas.

Adubar apenas uma vez não é suficiente para que o vegetal se mantenha saudável. É recomendável que o procedimento seja feito com intervalo de reposição de três a quatro meses para folhagens e de dois a três meses para plantas com flores, antes e depois do florescimento.

Quando adubar?

quando-adubar

imagem de: pixabay,com

Além do esgotamento natural das propriedades nutricionais existentes no solo, as chuvas e as regas também eliminam boa parte dos nutrientes, fazendo com que eles precisem ser repostos. Uma boa maneira de fazer isso é alternando os adubos orgânicos e os químicos, de acordo com a formulação, época do ano e espécie da planta.

Ressaltamos que muito mais importante do que adubar, é preciso adubar sempre. Assim, além de deixá-la com mais vigor e beleza, aumentará sua resistência a pragas e doenças.

Gostou das dicas? Quer deixar o seu jardim ainda mais belo? Encontre na Giuliana Flores lindas espécies!

Você também vai gostar de:

  1. Como Cuidar das Flores no Tempo Seco
  2. Faça um Jardim Vertical com Materiais Recicláveis

Compartilhe este artigo

Receba promoções no seu email!

Cadastre-se e receba as melhores promoções diretamente no seu email!

2 Comentários para “Saiba mais Sobre a Importância da Adubação para as Plantas”

  1. adelia kiura infante

    gostei muito de ler sobre petúnias e adubação…vou ler mais…o saber não ocupa lugar

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>