Alporquia: Conheça o Método de Reprodução de Plantas

11/01/2018

A alporquia é um antigo método usado para a multiplicação de espécies botânicas. Seu emprego é aconselhado para a reprodução de plantas e flores que apresentam ramos e caules lenhosos e rijos ou que não são fáceis de enraizar com estacas.

O método é bastante indicado para espécies que perderam folhas de sua parte inferior e, com isso, tiveram o aspecto comprometido. Consiste basicamente em estimular um local próximo à extremidade de um ramo lateral ou do caule principal da planta a produzir raízes. Desse modo, a partir da separação da extremidade enraizada, consegue-se um novo exemplar de planta.

alporquia

Créditos da Imagem: Pixabay

Com esse processo, o funcionamento vegetal não sofre danos e preserva a planta-mãe. Além disso, permite um controle do desenvolvimento das plantas. Se o seu uso for feito para alcançar novas espécies, deve-se escolher ramos laterais. Mas se a ideia for manter o controle da altura por meio do método, o apolque precisa ser feito na extremidade do caule principal.

Como aplicar o método alporquia para a reprodução de plantas

Tenha em mãos um canivete ou uma faca afiada. Com esse instrumento, dê dois cortes na parte escolhida e tire a casca presente entre os cortes – tome cuidado para não prejudicar a parte interna do caule. Depois, com uma pequena quantidade de pó de hormônio enraizador, produto que pode ser adquirido em lojas especializadas, pincele a parte descascada.

Faça um pouco de esfagno – um ótimo e muito conhecido substrato – e ponha-o na água. Então retire o excesso de umidade e guarde.

alporquia

Créditos da Imagem: Pixabay

O próximo passo será colocar um plástico em volta do caule, formando uma espécie de saco, e encha-o com o esfagno umedecido. Aperte bem em volta do corte para que fique completamente coberto. Feche o saco com barbante e passe fita isolante impermeável nas extremidades a fim de garantir a umidade interna.

Ponha o vaso sobre um prato com pedras e água, conservando-o em um ambiente quente e úmido. Após alguns dias, por meio do substrato, surgirão as raízes. Tire o plástico e, com uma tesoura de poda, corte o caule de forma horizontal.

Depois disso, arrume um novo vaso com solo adubado e plante a muda de forma imediata. Conserve o esfagno para evitar que as raízes sejam danificadas. Feito isso, é só regar.

alporquia

Créditos da Imagem: Pixabay

Entre as espécies que podem se reproduzir com a técnica alporquia estão: dracena-listrada, comigo-ninguém-pode, ficus, filodendro, monstera, dracena e cróton.

Gostou de conhecer a alporquia, esse método incrível para reprodução de plantas? Continue acompanhando o blog Giuliana Flores e fique sempre por dentro das novidades!

Você também vai gostar de:

  1. Regar plantas- como, quando e quantas vezes
  2. Adubos caseiros para flores e plantas

Compartilhe este artigo

Um comentário para “Alporquia: Conheça o Método de Reprodução de Plantas”

Deixe um comentário

  • (não será publicado)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>